Como manter a boa convivência nos condomínios?
Voltar para o blog

Como manter a boa convivência nos condomínios?

Por causa da quarentena, grande parte da população tem ficado em casa como forma de proteção. Mas ficar em casa não tem sido sinônimo de tranquilidade, principalmente se você mora em condomínio.

Aliás, como está a relação entre os vizinhos no condomínio onde você mora?

Crianças em casa costumam jogar bola na parede, brincar de videogame, correr e gritar pela casa, pura inquietação. Os cachorros que latem, o barulho causado pela furadeira ou martelo na parede, o vizinho do andar de cima que conversa na sacada até de madrugada, o som muito alto da televisão e quem precisa fazer home office.... são muitas coisas, com diferentes necessidades.

Além disso, soma-se o stress causado pela situação. A própria energia que não é gasta ao longo do dia aliada ao nervosismo causado pelo isolamento, potencializa qualquer situação em um grande conflito.

Por isso, tolerância e bom senso são as palavras da vez!

É válido ressaltar que tolerância não deve ser confundida com passividade. Os moradores devem respeitar a lei do silêncio – nos horários estabelecidos pelo condomínio – e também a perturbação do sossego; por mais que o barulho não interfira a lei do silêncio, ele causa stress e desconforto para quem está ouvindo, perturbando o sossego durante o dia todo. Não é nada legal ouvir o seu vizinho curtindo uma live com o som alto até o amanhecer enquanto você precisa dormir né?

Outro ponto importante que deve ser respeitado nesse momento são os novos cuidados estabelecidos para se proteger do coronavírus. Como autoridade máxima em um condomínio, o síndico não pode proibir, mas sim restringir o uso de áreas comuns no prédio (como salão de festas, quadras, playground), justamente porque são lugares que formam aglomerações e transito entre os moradores do prédio - justamente o que precisa ser evitado! Por isso, a mudança de postura tem que partir do condômino também, que deve ter consciência sobre o momento que todos estão passando.


Como resolver o problema com meu vizinho?

O ideal é que tente resolver as coisas diretamente com o vizinho que está lhe causando desconforto. Interfone e relate a ele o que lhe incomoda, de forma franca e transparente, para que juntos, vocês cheguem a um acordo. Se você conversou e nada foi resolvido, contate o(a) síndico(a) ou a administradora do seu prédio.

Lembre-se que todos devem fazer sua parte agora para que fique tudo bem no futuro!

 

Precisa tirar dúvidas sobre a convivência no condomínio?
Nosso setor pode lhe ajudar: condominios@bancodeimoveis.com.br

 

Fonte: SindicoNet e G1- Portal de Notícias.

Outros posts

  1. Casa Verde e Amarela: conheça o novo projeto do governo

    Casa Verde e Amarela: conheça o novo projeto do governo

    O “Casa Verde e Amarela” é o novo projeto anunciado pelo governo e deve substituir o Minha Casa Minha Vida, lançado em 2009. O texto entrou em vigor e já foi publicado no Diário Oficial da União, mas...

  2. CINCO MANEIRAS DE DESENTUPIR PIA.

    CINCO MANEIRAS DE DESENTUPIR PIA.

    Pia entupida pode ser uma das maiores vilãs das atividades domésticas. Ela atrasa e atrapalha todos os afazeres domésticos. Por isso, veremos diversas dicas de como desentupir sua pia de maneira fác...

  3. Pagamentos: como fica sua situação em época de pandemia?

    Pagamentos: como fica sua situação em época de pandemia?

    Você sabe que o grande aumento do Coronavírus pelo mundo causou impactos aqui no Brasil também. Com o número casos crescendo todos os dias, as autoridades chegaram à conclusão de que o melhor para o m...

Este site utiliza cookies para entregar uma melhor experiência durante a navegação.